Tratamento com Quinoa faz parte de projeto nutricional em São Bernardino

A busca de algumas
pessoas por grupos de reeducação alimentar para perda de peso e melhora na
qualidade de vida tem aumentado muito nos últimos anos em decorrência dos altos
índices de excesso de peso, diabetes, pressão alta, triglicerídeos e
colesterol.

Em função disso, será iniciado
na Unidade Básica de Saúde de São Bernardino o Projeto "Emagrecimento saudável".
A atividade será desenvolvida pela nutricionista da Unidade, Patricia Sabedot. Segundo
ela, tem o objetivo de melhorar e promover a qualidade de vida buscando a
redução do peso e promovendo a reeducação alimentar dos pacientes. "Além da prevenção
das doenças crônicas não transmissíveis e melhora, como a diabetes, pressão
alta, hipercolesterolemia, hipertrigliricedimia", explica.

O projeto será
desenvolvido com um grupo-teste formado por 10 pacientes da Unidade de Saúde
que se encaixaram no perfil de: obesidade, hipercolesterolemia, diabetes,
pressão alta e hipertrigliricedemia.

A nutricionista explica
que foram realizadas entrevistas individuais, onde os participantes receberam o
Termo de Consentimento Livre e Esclarecido para respectiva assinatura. Já a
avaliação nutricional é individual de cada paciente, onde são aferidos: peso,
estatura, circunferência da cintura, circunferência do quadril, também serão
coletados exames laboratoriais. "Posteriormente será elaborado um plano
alimentar de acordo com a necessidade de cada paciente. Em conjunto, realizarei
um experimento com a QUINOA".

Tratamento
com Quinoa

     De acordo com a nutricionista, a Quinoa é considerada um dos
alimentos mais completos em nutrientes para a Academia de Ciências dos E.U e
pela Organização das Nações Unidas, igualando-se apenas ao leite materno,
previne a osteoporose e câncer de mama.

     Ela explica que o grão tem a quantidade ideal de calorias,
proteínas, gorduras e carboidratos. Encontrada em grãos, flocos e farinhas, é
rica em fibras, dá a sensação de estômago cheio, fazendo dela um auxiliar da
dieta. Ainda combatem os sintomas da TPM e da menopausa.

     O grão pode ser misturado em sopas, saladas, sucos, risotos,
pães, bolos etc. se for consumir em forma de flocos polvilhe no iogurte,
vitaminas, saladas de frutas. A farinha pode ser usada em pães, pudins,
biscoitos e mingaus.

Outros benefícios para
a mulher são:

– Regular o intestino;

– Aumento da
disposição;

– Retarda o
envelhecimento;

– Controla os níveis de
colesterol, glicemia e triglicerídeos;

– Combate a anemia;

– Previne a Osteoporose;

– Previne o Câncer de
mama;

– Previne das doenças
do coração;

O recomendado de quinoa
é de 2 colheres de sopa por dia.

 

Projeto

Além da área
nutricional, o projeto irá envolver outros setores. Pois, uma vez por semana os
pacientes estarão participando de um grupo de ginástica e alongamento com a
fisioterapeuta, para auxiliar na perda de peso.

Já as palestras sobre
alimentação saudável, e conversas e discussões em grupo serão realizadas
semanalmente. Para Patricia, esses encontros em grupo vão reforçar e incentivar
esforços para os objetivos serem atingidos. "Os encontros proporcionam trocas
de experiências quanto às facilidades e dificuldades para melhorar a
alimentação.Qualidade de vida é ter uma vida saudável, e isso também depende de
esforço e dedicação".

Novidade

O projeto criado pela
nutricionista é novidade no município, mas de acordo com o secretário municipal
de saúde, Lacir Piaia, se surtir efeitos positivos com esse grupo-teste,
certamente serão formados novos grupos.

Para ele a reeducação alimentar
em grupo proporciona aos participantes conhecimentos necessários para que eles
mesmos adotem hábitos e práticas alimentares saudáveis. "Seus efeitos são de
grande valia, pois o aumento da vitalidade e a perda de peso estabelecem um incentivo
para insistir", finaliza.

 

Texto:
Dieila Zanetti- Assessora de Comunicação

Este edital possui conteúdo protegido pela LGPD, para obter acesso abra uma requisição aqui